quinta-feira, setembro 23, 2010

Acordei com o pé em antigamente
Eu jogava o pára-mente mas nada de aterrissar em mim
só fiquei caindo, até o fim de onde eu vim
infinito é de onde sou
meus caminhos fluem até como estou
e essa manhã acordei e lembrei
foi muito pelo que passei
minha história se confunde com a humanidade
mas sou mulher
e ser mulher só sabe quem é
estou produzindo em mim outro ser que vai ser quem ele quiser
vou me dividir em duas
mas duas sempre fui

Um comentário:

Marco Rodriguéz disse...

Olá,
Dois, um...talvez sejamos mais que dois.
Abraço!